Páginas

sábado, 4 de julho de 2009

Meu Testemunho

۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩
Cortam-me as asas
Para que eu possa livre cair
E num túmulo me repousar
Os contos disseram que eu ia das
cinzas ressurgir
E pro meu descanso eterno retornar.

Quero poder chegar até o fim
Como quem nasce com o destino de morrer
E contar a minha história pra quem quiser
Ouvir sim
E jamais me lamentar pelos pecados
Que eu ainda vou cometer.
Mas antes de descansar em paz
Quero deixar para traz
As lágrimas que aqui deixei
Com a mesma mágoa descansarei.

Meu sentimentos sucumbirão
Velando esta agonia
Pois o meu coração que agora se despedaça
O meu velho sorriso sem graça
Deixará de existir
Mas como toda escuridão esconde a claridade
Talvez eu voltarei a sorrir.
۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩๑๑۩۞۩

4 comentários: